Seu guia de informações e entretenimento nos bairros
Cursino, Ipiranga, Saúde e Sacomã
Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.
Saint Exupéry
São Paulo, 20 de Junho de 2018
Notícias Colunas & Colunistas Giro do Ciranda Em Outros Bairros Atualidades
Descubra as lesões mais comuns em adolescentes que iniciam atividades físicas
Bairro: Todos os bairros

Em busca do corpo ideal, é comum o aumento de adolescentes que iniciam atividades físicas, como a musculação e o crossfit. Segundo a cardiopediatra e médica do esporte do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Silvana Vertematti, lesões osteoarticulares (nos ossos e nas articulações) e musculares precoces são as mais comuns nesta fase e podem trazer prejuízos para o resto da vida.

De acordo com o Ministério do Esporte, a média nacional de jovens que inicia a prática de atividade esportiva é de 31,4%. Já entre os adolescentes, na faixa etária de 15 a 17 anos, o índice é de 11,8%.

“O acompanhamento de um profissional é muito importante em qualquer fase da vida, sobretudo na adolescência. A prática de atividades por conta própria pode ocasionar lesões que prejudicam, inclusive, o crescimento dos adolescentes”, sugere.

Para a médica, o primeiro passo é realizar uma avaliação para detalhar as capacidades e limitações físicas, além de dar um melhor direcionamento ao supervisor dos treinamentos. Profissionais capacitados, como os professores de educação e os personal trainers, são capazes de orientar a quantidade ideal de carga e avaliar quais os grupos de articulações e músculos que serão ativados progressivamente.

Embora esses fatores sejam fundamentais para a prática dos exercícios, também é importante equilibrar a refeição e a hidratação. “Os líquidos e os eletrólitos precisam estar em quantidades adequadas para manter o equilíbrio do funcionamento do organismo e evitar lesões. Para um funcionamento adequado e prevenir as lesões, é necessário um consumo adequado de alimentos, líquidos e bebidas esportivas que possam suprir o que foi utilizado ou perdido durante o exercício. Se isso não ocorrer, o que a pessoa perde é a massa muscular e consequentemente a força” explica.

As lesões mais comuns em atletas e praticantes de esportes são tendinite, tendinose (similar à tendinite), contratura e distensão musculares, pubalgia (lesão nos quadris), entorse e hérnia.

 

Share |
Canal: Saúde
Vitrine do Ciranda

O seu guia de produtos e serviços da região.

Acompanhe!
Publicidade
®2010 Ciranda No Bairro. Sistema por whiteRABBIT.